Postura da Cobra

Bhunjangasna-1b
A Postura da Cobra é consi­derada uma postura básica dentre as posturas de flex­ões para trás e que estiram os músculos abdominais ao mesmo tempo. Esta flexão, tonifica e fortalece os músculos que con­trolam os discos inter­vertebrais e que em geral causam doenças nas costas.

No entanto, é im­por­tante ressaltar que flexões para trás podem causar danos ao corpo quando não são realiza­das de forma correta. Iniciantes devem fazer a postura lentamente e observando os limites físi­cos ou praticar a forma variada da postura da cobra, que ao invés de alongar os braços, per­mite que os antebraços descansem no chão, aliviando a pressão sobre as vértebras.

Bhunjangasna-2Nome em Sânscrito

Bhunjangasana ou às vezes Bhujangasana (bhu-JANG-asana, BHU-JANG = cobra, serpente, ASANA = postura).

Outros Nomes

Também chamado de: Postura da Serpente, ou em Inglês: Cobra Pose.

Instruções

Inicie essa postura deitado de bruços:Bhunjangasna-3a

  • Mãos no chão debaixo dos ombros, braços dobrados e cotovelos próximos ao corpo.
  • Pernas esticadas e pés juntos, com os peitos dos pés no chão.
  • Pescoço alinhado com a coluna.
  • Pressione os peitos dos pés e as coxas para dar apoio.
  • Inspire, levante a cabeça primeiro, seguida pelo tronco.
  • Faça o movimento a partir do umbigo, não use a força dos braços.
  • Olhe para cima e relaxe os ombros.
  • Respire lentamente.
  • Expire e desça devagar.

Pontos de Checagem:

  • Ao erguer a cabeça e o tronco, respeite o seu limite.
  • Iniciantes devem manter os antebraços e mãos apoiados no chão, cotovelos abaixo dos ombros. Praticantes experientes podem alongar os braços.
  • Mãos devem estar com os dedos um pouco abertos para dar maior estabilidade.
  • Se sentir uma fisgada, significa que a área está contraída com um disco intervertebral friccionando outro. Para evitar, erguia o tronco devagar, vértebra por vértebra, criando espaço na espinha.
  • No princípio do movimento, procure usar a força dos músculos das costas e dos ombros, no final do movimento, use o apoio das mãos.
  • Após realizar uma flexão para trás, é importante executar em seguida uma postura de flexão para a frente, para compensar. Sugerimos a Postura do Bebê, Guru Pranam ou Postura do Gato.
  • Praticantes com experiência podem usar a respiração do fogo, o que torna a Postura da Cobra mais eficiente.
  • Se a sua coluna é rígida ou tensa, mantenha as mãos e antebraços apoiados no chão e os cotovelos abaixo dos ombros.

Bhunjangasna-5aVariação:

Deite-se de bruços. Apoie as mãos e os antebraços no chão, os cotovelos debaixo dos ombros, mãos com os dedos abertos. Levante a cabeça até a altura que fique confortável. Olhe para a frente. Sinta o umbigo e a região pélvica apoiados no chão. Respire lentamente.

Contraindicação e cuidados:

  • Problemas nas costas (com cuidados especias e orientação médica).
  • Síndrome do Túnel do Carpo (com cuidados especias).
  • Dor de Cabeça (com cuidados especias).
  • Hipertireoidismo (não indicado).
  • Gravidez (não faça).

Comentário:

A Postura da Cobra é um excelente exercício para pessoas com dores na região lombar. Esta postura alivia a rigidez na parte baixa da coluna, expande o peito e fortalece os ombros e braços. Promove abundante irrigação sanguínea na musculatura das costas, que é eficazmente desenvolvida. A circulação nas costas tem a característica de ser preguiçosa, e o sangue impuro tem a tendência de acumular nessas regiões, diminuindo a eficiência dos músculos e nervos. As flexões para trás são eficientes ao fazer circular o sangue puro e rico em oxigênio [Saraswati, 1975, p. 88].

A orientação de Saraswati para a Postura da Cobra, sob a ótica espiritual, é que é uma oportunidade de se concentrar no Vishuddhi Chakra. Vishuddhi significa purificar e está localizado na região da garganta, que é o centro da purificação espiritual. O centro da garganta é o lugar onde se degusta o néctar divino Amrita, o elixir místico da imortalidade, que promove a sensação de boa aventurança profunda quando estimulada por práticas yóguicas superiores. O Chacra Vishuddhi influencia as cordas vocais, a região da laringe, as glândulas da tireoide e paratireoide. Qualquer desordem nesta área do corpo físico pode ser curada mediante concentração profunda neste Chakra (Saraswati, pp 255-256).

Duração:

De 15 a 30 segundos.

Benefícios:

Bhunjangasna-4aControla diabetes. Auxilia a aliviar doenças do coração. Fortalece a espinha. Expande o peito, o abdome, os pulmões e os ombros. Deixa os glúteos firmes. Estimula os órgãos abdominais. Alivia stress e fatiga. Abre o coração e pulmões.Torna o nervo ciático mais leve. Terapêutico para asma. Textos tradicionais dizem que a Postura da Cobra aumenta o calor do corpo, destrói doenças e desperta a energia Kundalini. Estimula bastante a glândula tireoide, tanto que não é indicado para pessoas com hipertiroidismo. Massageia os órgãos responsáveis pela digestão, por isso melhora a digestão e a eliminação. Melhora a função dos ovários e do órgão reprodutor. Abre o Chacra do Coração (Anahata) proporcionando leveza para o caráter. Tonifica o nervo óptico e melhora a visão.

Vídeo Aula:

Veja este belíssimo vídeo de Elizabeth Rose em inglês, falando sobre três diferentes opções de flexões para trás. A primeira Asana que ela esclarece é a Postura da Cobra.

Fonte e Referências:

    • Manual de treinamento de Professores da Kundalini Yoga Nivel 1, (veja [100, p. 313]).
    • Dorling Kindersley, Kundalini Yoga por Shakta Kaur Khalsa – 2001 (veja [122, p. 54]).
    • Yoga As Medicine, The Yogic Prescription For Health and Healing, por Timothy McCall, M,D. páginas 281/290
    • Link: Estudo sobre a Postura da Cobra @ antoniojosebotelho.com (veja aqui).
    • Link: Cobra Pose @ Yoga Jornal (veja aqui).

 


Zeze 01aZezé Oliveira está, com muito carinho e dedicação, desenvolvendo e publicando os textos para a Yogavital.net onde descreve os benefícios e os pontos importantes de algumas das Posturas (ou Asanas) usadas no Kundalini Yoga.