Sentado na Postura Fácil – Por que sentar-se alinhado

post_facil2
Simplificando, é tudo sobre o fluxo. O fluxo da respiração, o fluxo de fluido espinhal e o fluxo de energia são todos afetados pela postura quando nos sentamos para a meditação ou para fazer um exercício.

Por que sentar-se alinhado

Pense da coluna vertebral como uma mangueira, quando há uma torção, o fluxo de água é cortado ou limitado. Isso é semelhante ao que acontece durante uma meditação ou postura quando a energia tenta fluir, mas o efeito é diminuído.

post facil1

Respirar livremente

A coluna alinhada permite que os pulmões e o diafragma movam-se mais fácil e completamente. Quando o cóccix se inclina para a terra, os ombros estão para trás e o peito se eleva, então os pulmões e o diafragma tem espaço extra para mover-se livremente enquanto o abdômen pode ficar relaxado.

A coluna vertebral

Quando as vértebras são alinhadas, o fluido espinhal tem liberdade para se mover. O fluxo de fluido espinhal alimenta o cérebro e o sistema nervoso, permitindo que as mensagens fluam de forma mais clara. Isso nos ajuda a receber os benefícios da meditação mais plenamente. A coluna vertebral desalinhada também pode restringir o fluxo de sangue durante a meditação e nos fazer sentir sonolentos.

É  fácil escorregar em um espaço de meditação que nos faz esquecer o corpo que, por vezes, descuidamos da postura. Se você está apenas começando, esse é um grande momento para se concentrar em postura correta para que se torne um hábito.

O fluxo de Kundalini

A energia criativa dentro de nós também se move ao longo da espinha e quando praticamos Kundalini yoga, nós ativamos esse fluxo. Quando a coluna está desalinhada é muito fácil restringir o fluxo de energia e cortar os efeitos da meditação. Esta sensibilidade para auto percepção conforme a sua postura vem com o tempo.

O queixo deve ficar paralelo ao solo, é comum relaxarmos e pendermos a cabeça para trás. Muitas vezes entoando mantras podemos realmente sentir a diferença quando colocamos a cabeça alinhada ao pescoço e ouvimos o fluxo do som sair livremente.

 Boa prática!